terça-feira, 20 de agosto de 2013

AMANHÃ POEMA


AMANHà      
             
SÉRGIO CAPPARELLI
O GATO QUERIA
AGARRAR A LUA,
PENSANDO QUE FOSSE
UM NOVELO DE LÃ.    



MAS A LUA
NEM LIGAVA,
TRICOTANDO
A MANHÃ.

O RATO QUERIA      
AGARRAR A LUA,
PENSANDO QUE FOSSE
DE QUEIJO PARMESÃO.


MAS A LUA
NEM LIGAVA,
DERRAMANDO-SE
PELO CHÃO.






MAS A LUA                                       
NEM SABIA,
POIS BEBIA
EM UM POÇO.


O URSO QUERIA
AGARRAR A LUA,
PENSANDO QUE FOSSE
COLMEIA COM MEL.

MAS A LUA
NEM SABIA,
COCHILANDO
PELO CÉU.


EU QUERIA
AGARRAR A LUA,
PENSANDO QUE FOSSE
DE DIAMANTE.

 


ELA DISSE:
SOU APENAS
UMA LUA
MINGUANTE!




Nenhum comentário:

Postar um comentário