sábado, 9 de março de 2013

PARÁBOLA DO LÁPIS

Certa vez, numa terra distante, a dona de uma fábrica de lápis decidiu reunir todos os lápis para uma última conversa, antes que estes fossem enviados ao mundo.
- Existem cinco coisas importantes que vocês precisam saber antes de seguir seus destinos. Lembrem-se sempre desses conselhos e sempre serão os melhores lápis que poderão ser.
1º Vocês poderão fazer grandes coisas, mas somente se permitirem-se estar seguros nas mãos de alguém.
2º Vocês experimentarão um doloroso processo, sempre que forem apontados, mas precisarão passar por isso se quiserem se tornar lápis melhores.
3º Vocês terão o dom de corrigir qualquer mal entendido que porventura ocasionarem.
4º O mais valioso de vocês estará sempre do lado de dentro.
5º Não importa a posição em que estejam, vocês deverão continuar a escrever sempre, deixando uma marca clara e legível,mesmo que a situação seja difícil.
Todos os lápis entenderam o propósito da sua fabricante. Então entraram em suas respectivas caixas, prometendo colocar em prática tudo o que ouviram.

Agora, procure se ver no lugar de um desses lápis.
Tente nunca se esquecer dos conselhos dados, para assim se tornar um ser humano melhor.
Será capaz de grandes realizações, mas somente se deixar-se sustentar pelas mãos de Deus, permitindo que outras pessoas se aproximem para partilhar de suas qualidades.
De tempos em tempos, passará por sofrimentos profundos ao enfrentar os vários problemas da vida. Mas tudo isso será necessário para o seu fortalecimento.
Será capaz de corrigir as falhas que certamente cometerá, e, assim, crescerá com elas.
Lembre-se: o mais importante é aquilo que carrega dentro de você.
Por isso, deixe sua marca por onde andar. Não importa a situação – se boa ou ruim –, sirva a Deus em tudo.
Compreender e ter em mente esses conselhos permitirá viver com significado no coração e na relação diária com Deus.
Porque todos somos como lápis, feitos pelo mesmo Criador, com um único e especial propósito: o de realizar grandes obras.


fonte: internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário