domingo, 22 de abril de 2012

A FADA DA CRIATIVIDADE

Júlia e Amanda eram irmãs. Ambas partilhavam uma sala de brinquedos. Era linda, decorada com brilhantes e variadas bonecas, brinquedos e livros de histórias.
No entanto, Júlia e Amanda achavam tudo muito chato. Brinquedos para elas não era diversão. Brincar com bonecas era uma dó, porque ela sempre usava o mesmo vestido e penteado.
Um dia, apareceu na sala das meninas uma bela mulher. Ela tinha deixado uma cesta lindamente decorada com flores de fuxico.
Esta senhora usava um cabelo longo e loiro, adornado com uma tiara rosa. Em seu pescoço havia um colar gargantilha feito em seda crua. O vestido dela, até os pés, era decorado com borboletas e lantejoulas que a faziam ser mais brilhante que o sol.
Esta mulher foi apresentada às meninas como a Fada da Criatividade, iluminando-as com sua varinha, de onde saiam montes e montes de musselina (um tecido leve e macio).
Júlia e Amanda ficaram espantadas pela beleza, originalidade e frescor de seus vestidos e ornamentos.
Júlia, de repente, exclamou:
- Fada da Criatividade, o que você veste é tão bonito!
- Você gosta? - disse a Fada.
- Sim, disse Júlia animada.
- Tudo o que eu tenho eu fiz com minhas próprias mãos.
- Com as mãos? Será que é magia? Amanda disse.
- Claro, como as suas, disse a Fada.
- Nossas mãos são mágicas? - Júlia disse surpresa.
- Claro, eu vou lhe mostrar.
A Fada da Criatividade havia colocado sobre a mesa da sala das meninas um monte de lantejoulas, feltro e musselina.
A fada disse-lhes o que fazer para fazer um broche bonito e assim fizeram.
Júlia e Amanda ficaram muito felizes em ver o que elas tinham conseguido fazer por si mesmas.
A fada lhes disse que todo mundo pode criar, e que existia um lugar mágico e maravilhoso que se chamava ARTESANATO, onde outras Fadas da Criatividade viviam e gostariam de ajudá-las a construir e desenvolver milhares de criações com as próprias mãos.
Daquele dia em diante, Júlia e Amanda foram muitas vezes ao mundo do ARTESANATO onde o divertimento era criar broches, tiaras coloridas, flores de fuxico, bonecas de EVA e muitas outras coisas.
Agora, sua sala estava cheia de fios coloridos tão belos quanto um arco-íris. Os pulsos eram enfeitados com lindas bijuterias e o pescoço com colares de três flores.
Júlia e Amanda faziam mágica com as mãos! Elas haviam se tornado Fadas da Criatividade!
Conto escrito por Paula Merlo - Professora de escola primária
Traduzido daqui. *Conto Adaptado por Jô Angel

Nenhum comentário:

Postar um comentário