quinta-feira, 22 de março de 2012

PARA A MÃE DO MEU PRIMEIRO NETO

Quando meu primeiro neto estava com três meses, chegou o dia das mães. Como ele não sabia falar, procurei perceber os sinais que indicavam o seu amor pela sua jovem mãe e os traduzi em palavras. Veja como ficou:
Mãe, Não sei falar ainda, mas traduzo meus sentimentos de forma não verbal. Minha avó me entende e por isso ela está mandando este recado por mim:
Eu digo que te amo quando a encontro em meio às outras pessoas... Seu cheiro é único para mim... Fico hipnotizado quando a vejo! Minha expressão é de encantamento e felicidade_ meu olhar diz tudo! E os gritinhos, os sorrisos escancarados, as longas "conversas", o corpo agitado, os bracinhos encolhidos perto do peito... São expressões da minha alegria por estar perto de você.
Nas horas difíceis, de longas reclamações, você mamãe, é meu melhor carinho! Você, para mim, é mais que leite, conforto e cuidados... é puro AMOR... que chega a doer dentro do peito, de tanto espaço que precisa!
Obrigado, Papai do Céu, pela mãe, pela família que me deu!
Luís Gustavo
Maio/2005

Nenhum comentário:

Postar um comentário